Canal do Youtube

Novidades


Cerca de 400 pessoas prestigiam abertura de encontro que discute cadeia produtiva da Olivicultura em Bagé
29 de Novembro de 2015

Encontro Estadual de Olivicultura

 

 

Secretaria da Agricultura realiza primeiro encontro estadual de olivicultura - Foto: Fernando Dias

Pelo menos 50 municípios do RS, mais delegações de Santa Catarina, Paraná e Uruguai participam do evento

 

            Cerca de 400 pessoas lotaram o auditório do Complexo Cultural Dom Diogo, em Bagé, nesta quarta feira (25), para o Encontro Estadual de Olivicultura. O encontro também prevê visita técnica em Pinheiro Machado, nesta quinta feira (26). As palestras com técnicos brasileiros e Uruguaios atraíram a atenção de delegações do RS, de Santa Catarina, São Paulo e Montevideo, com a participação de estudantes de Agronomia. Pelo menos 50 municípios gaúchos estão participando. O evento atende uma solicitação de integrantes da Câmara Setorial das Oliveiras, da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação e já é uma das iniciativas previstas no Programa Estadual de Olivicultura, elaborado pela equipe técnica da SEAPI e lançado em julho, pelo Governador José Ivo Sartori.

 

            Além da apresentação de resultados de pesquisas da Embrapa Pelotas,  também ocorreram palestras com pesquisadoras uruguaias que atuam na Faculdade de Agronomia de Montevideo e no INIA - Instituto Nacional de Investigações Agrárias - que possuem estudos com situações climáticas e de solos parecidas com o Rio Grande do Sul.

 

           O evento também se destaca por ser uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais sobre a produção de oliveiras e de azeite de oliva no Rio Grande do Sul e no Uruguai. Técnicos de Emater e da Secretaria da Agricultura participam com a apresentação de um panorama da situação atual no RS. Já nesta quinta-feira (26), está prevista visita técnica à Fazenda Guarda Velha - Azeites Batalha, em Pinheiro Machado.

 

           "Contamos com a parceria, a integração e cooperação de todos os envolvidos na cadeia produtiva da olivicultura, para que possamos avançar e temos grandes condições disto. Este encontro é uma ótima oportunidade para discutirmos a cadeia produtiva da olivicultura como um todo,  seus gargalos e oportunidades que temos para crescer, para que assim possamos ajustar melhor as ações de fomento. Temos como ampliar nossa área plantada e aumentar a produtividade também. ", diz o secretário Ernani Polo.

    

            O encontro é voltado para pessoas interessadas em olivicultura, produtores, engenheiros agrônomos, técnicos rurais, professores e estudantes de agronomia.

 

             A Bosque Olivos esteve presente em todo o evento e parabeniza todos os organizadores pelo enorme sucesso da programação, com participação de mais de 400 pessoas voltadas a cadeia produtiva da oliveira, não só no Brasil, mas com visitantes e palestrantes da Argentina e Uruguai.

 

             Como ponto forte do evento tivemos a oportunidade de conversar e trocar idéias com boa parte da equipe técnica, que lá estava, da empresa FAST  (Industry Techology and Solutions), uma possibilidade nacional de produção de maquinário para indústrias de transformação da olivicultura, bem perto de nós, aqui no estado vizinho (Santa Catarina).

             Com Extratoras de Azeite moduladas e independentes, tem como vantagem principal possuir FINAME, possibilitando o financiamento de suas máquinas, o que viabiliza uma agroindústria local com um menor investimento inicial, além de 2 anos de garantia e assistência técnica mais perto do cliente.

             Outra opotunidade disponibilizada aos visitantes foi a visita técnica na propriedade Azeites Batalha, em Pinheiro Machado, com impecável recepção, onde foi possível visualizar diversos setores da lavoura em diferentes estágios de crescimento e produção, possibilitando principalmente ao investidor iniciante uma visão diferenciada de um olival com diferentes idades de plantio.

 

             No momento do almoço, foi servida uma deliciosa comida campeira, proporcionando momento ímpar de alegria e companheirismo, onde ainda foi possível adquirir duas variedade do Azeite Batalha, um produto diferenciado e de grande sabor, o que comprova que o Rio Grande do Sul já faz parte do circuito de produção dos melhores azeites de oliveira extra virgens do mundo.

         

             Os organizadores do evento, junto com seus patrocinadores estão de parabéns e cumprem com o compromisso de unir, fortalecer e dar um impulso contínuo ao pequeno, mas já vigoroso setor olivícola gaúcho!

 

Parabéns a todos e vamos em frente!

 

Tales Machado Altoé

  (Bosque Olivos)

 

 


Foto 1
Fechar Próxima Anterior

Foto 1

Foto 2
Fechar Próxima Anterior

Foto 2

Foto 3
Fechar Próxima Anterior

Foto 3

Foto 6
Fechar Próxima Anterior

Foto 6

Foto 5
Fechar Próxima Anterior

Foto 5

Foto 7
Fechar Próxima Anterior

Foto 7

Foto 8
Fechar Próxima Anterior

Foto 8

Foto 9
Fechar Próxima Anterior

Foto 9

Foto 4
Fechar Próxima Anterior

Foto 4

Foto 10
Fechar Próxima Anterior

Foto 10

Foto 11
Fechar Próxima Anterior

Foto 11

Foto 12
Fechar Próxima Anterior

Foto 12

Foto 14
Fechar Próxima Anterior

Foto 14

Foto 13
Fechar Próxima Anterior

Foto 13



+ novidades

00000

Bosque Olivos | Estação Experimental de Pesquisa | Cultivo Agronatural de Oliveiras | Cachoeira do Sul / RS | (51) 99591045